• Instituto Periférico

Mostra "Seu Antônio" revela olhar singular da paisagem da Casa do Baile

Atualizado: Mar 17



A partir deste sábado, dia 6 de março, a Casa do Baile apresenta uma nova atividade educativa: a mostra fotográfica "Seu Antônio", realizada a partir de uma seleção de imagens captadas ao longo de nove anos por Antônio Lucindo, porteiro do espaço cultural, que revelam seu olhar particular sobre o local e seus acontecimentos. A atividade integra a programação do Pampulha Território Museus, e pode ser vista sempre de quarta a domingo, das 11h às 18h, no Espaço Cobogó, uma área da Casa do Baile dedicada à exibição de novas produções e manifestações artísticas e culturais. A responsabilidade de guardar a Casa do Baile despertou em seu Antônio a sensibilidade de observar as belezas do local onde trabalha. O pôr do sol de inverno na Lagoa da Pampulha e as visitas das garças têm um lugar especial na coleção de imagens do fotógrafo. Os registros de quase uma década exibem, ainda, momentos simbólicos como a Copa do Mundo de 2014 e os turistas que vieram à cidade, e as visitações e exposições que aconteceram na Casa. Seu Antônio sempre compartilhava suas fotos, feitas por um celular, com os colegas servidores da Casa do Baile, em um grupo de mensagens, e foi daí que surgiu a ideia, por parte da curadoria educativa do projeto, de realizar a atividade educativa, a partir da mostra fotográfica. Além do contato com as imagens, o público que for à Casa do Baile ainda poderá assistir a um relato de Seu Antônio, por meio de um vídeo, e contará com a mediação de um educador no espaço, que contextualiza e provoca conexões da mostra com a Casa do Baile e a exposição "Marcel Gautherot - registros modernos da Pampulha: depois e além", também em exibição no espaço.

Em respeito às medidas de combate à Covid-19, as visitas devem ser agendadas pelo site pbh.gov.br/reaberturamuseus.

O "Pampulha Território Museus" é realizado pela Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e da Fundação Municipal de Cultura, e o Instituto Periférico.

Toda programação é gratuita e aberta ao público.

9 visualizações