top of page

Instituto Periférico lança portal do projeto Cozinha Mineira Patrimônio

Atualizado: 5 de jan.




O Instituto Periférico entregou nessa quarta-feira (22/12) mais uma etapa do processo que visa reconhecer a cozinha mineira como patrimônio cultural imaterial de Minas Gerais. Está no ar o site www.cozinhamineirapatrimonio.com.br, com informações do processo, artigos e notícias sobre a culinária do estado. O objetivo do portal é mostrar a identidade do mineiro por meio da sua cozinha e divulgar os seus aspectos patrimoniais, compartilhando conhecimentos e ações, programas e atividades desenvolvidas por parceiros do projeto.


A proposta é que a construção do portal seja colaborativa, com conteúdos produzidos por aqueles que fazem parte da rede que engloba a cozinha mineira. Será uma plataforma dinâmica, construída junto com a sociedade.


A expectativa é que o portal se torne uma referência sobre o tema e amplie o conhecimento das pessoas sobre a importância desse registro para Minas Gerais. Para os próximos meses, está prevista a inclusão no site de materiais audiovisuais, videodocumentários, filmetes e materiais fotográficos, além referências bibliográficas sobre o assunto, para quem é pesquisador da área e tiver interesse.


De acordo com a diretora-presidente do Instituto Periférico, Gabriela Santoro, o site da cozinha mineira patrimônio vem completar outros sites já existentes que tratam da complexidade e diversidade da culinária mineira, divulgando de maneira simples e direta os seus aspectos patrimoniais. “É um espaço para reflexão, produção de conteúdo e compartilhamento de informação sobre o tema. Uma maneira da gente disseminar e ajudar na promoção e salvaguarda desse nosso patrimônio”.


Para a coordenadora do projeto, Luciana Praxedes, o site integra uma proposta mais ampla, que tem o objetivo principal de registrar a cozinha mineira como patrimônio. “O mais importante é que o site reúne em um só local informações relevantes para quem aprecia e vivencia a cozinha mineira, como os detentores de saberes, nossas cozinheiras e cozinheiros, chefs, profissionais da área, profissionais de eventos que atuam nesse segmento, empresários e instituições que estão ligadas à cozinha”, ressalta a coordenadora.


Sob responsabilidade do Instituto Periférico, o Inventário da Cozinha Mineira é composto por um dossiê e por ações de salvaguarda e proteção da gastronomia de Minas. Nesse momento do processo, estão sendo realizados estudos e levantamentos sobre os sabores e saberes da cozinha juntos aos detentores dessa realidade, para organização do conhecimento existente.

15 visualizações
bottom of page