CM_Banner-Landing-page_2.jpg
Creditos---UMAMI-comunicação-(arquivo-Santa-Matula)DSC_1560.jpg
COZINHA_MINEIRA_icones_Prancheta 1.png

INVENTÁRIO DA COZINHA MINEIRA 

Tempero essencial do nosso modo de ser, a cozinha mineira é um caldeirão de influências regionais com origens históricas, territoriais, técnicas produtivas e entrelaçamentos sociais distintos. Agora, toda essa diversidade de saberes e sabores será pesquisada, sistematizada e divulgada na forma de um inventário da Cozinha Mineira, composto por um dossiê e por ações de salvaguarda e promoção, com o objetivo de transformar a cozinha mineira em patrimônio cultural imaterial de Minas Gerais.

O projeto integra o Plano Estadual de Desenvolvimento da Cozinha Mineira, importante instrumento para a articulação de políticas públicas e parcerias envolvendo gastronomia, cultura, turismo e desenvolvimento econômico. O caminho a ser trilhado segue exemplos de países como França, México, e o conjunto de sete países europeus banhados pelo Mar Mediterrâneo, que projetaram suas gastronomias no cenário internacional seguindo esta trajetória.

BENEFÍCIOS

  • Ampliação do conhecimento sobre a história e a cultura mineira e brasileira

  • Preservação de costumes, ingredientes e saberes ameaçados de extinção

  • Incremento do turismo e promoção do desenvolvimento regional 

  • Geração de emprego e renda 

  • Reconhecimento e valorização das identidades locais e aumento da autoestima

Pão de queijo e café

DOSSIÊ E INVENTÁRIOS TÉCNICOS

O dossiê da Cozinha Mineira será produzido em três fases simultâneas e complementares. Dois documentos técnicos vão fornecer subsídios para a construção da proposta de reconhecimento. O primeiro documento apresentará a metodologia de trabalho e a fundamentação teórica sobre o conceito de cozinha mineira, primordial para a inclusão dos bens a serem estudados. O segundo apresentará a proposta e os mecanismos de participação e validação da sociedade no processo de reconhecimento e salvaguarda da cozinha mineira.

O terceiro passo será a edição do dossiê, que apresentará um resumo da metodologia e os critérios técnicos utilizados na elaboração dos inventários; as características históricas e antropológicas que justificam a relevância cultural da cozinha mineira; o plano de proteção do novo patrimônio; e as estratégias de sua difusão. O dossiê terá uma versão impressa e uma digital, acessível ao público.

PARCERIAS

O Inventário da Cozinha Mineira tem o patrocínio da Gerdau, da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) e da Companhia de Gás de Minas Gerais (Gasmig), por meio da Lei de Incentivo à Cultura, do Governo Federal, e parceria da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Secult), firmada através de acordo de cooperação técnica entre o Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (Iepha-MG) e o Instituto Periférico.

PESQUISA E PARTICIPAÇÃO DA COMUNIDADE

Para estudar e promover a cozinha mineira, muita gente vai colocar sua colher neste caldeirão. Além de contar com uma equipe multidisciplinar de profissionais, que vai colocar a mão na massa durante a produção do dossiê, o projeto vai ouvir, em cada comunidade, os detentores de práticas e saberes ligados à cozinha, especialistas, pesquisadores, grupos e instituições setoriais da cultura alimentar.

Feijoada mineira típica
COZINHA_MINEIRA_icones_Prancheta 1 cópia 5.png

PRODUTOS

PLATAFORMA DIGITAL

Um levantamento tão rico em dados, sabores, costumes e histórias precisa ser compartilhado e construído por toda a sociedade. Assim, as informações coletadas, produzidas e sistematizadas durante a realização deste projeto estarão disponíveis em um portal na internet, que vai abrigar imagens, mapas, estudos e depoimentos de quem faz da cozinha mineira um patrimônio cultural do estado.

PUBLICAÇÕES EDUCATIVAS

As publicações decorrentes do projeto obedecem à estratégia de promoção da cultura alimentar mineira e das técnicas tradicionais a ela relacionadas, e de disseminação do conhecimento produzido pelo levantamento, pelo seu caráter educativo e relevância para o desenvolvimento da cultura e do turismo.

Cadernos de Patrimônio: publicação apresentará um resumo do Dossiê, contemplando os aspectos históricos, culturais, turísticos e técnicos dos bens culturais ligados à Cozinha Mineira, na versão impressa e digital.

 

Conteúdos audiovisuais: com base no trabalho de campo realizado pelo projeto, serão produzidos documentários e filmes com o registro dos saberes, fazeres e celebrações relacionados a cultura alimentar dos bens pesquisados.

Cozinheiro chefe no trabalho
COZINHA_MINEIRA_icones_Prancheta 1 cópia 4.png

FORMAÇÃO

Palestras em escolas: a disseminação do conhecimento acumulado pelo projeto se completa com a realização de palestras em escolas públicas para compartilhar os resultados e envolver a comunidade na proteção do bem cultural identificado.

Seminário e cursos de capacitação: a disseminação do conhecimento acumulado pelo projeto se completa com a realização de palestras em escolas públicas para compartilhar os resultados e envolver a comunidade na proteção do bem cultural identificado.

SELO VAI OFICIALIZAR PARCERIAS COM O PROJETO

O selo do projeto Cozinha Mineira será utilizado por detentores de saberes, instituições e estabelecimentos comerciais que se tornarem parceiros do esforço de promoção e salvaguarda da Comida Mineira. O selo também será utilizado em futuras campanhas de divulgação, em peças como fachadas de estabelecimentos, aventais, copos, toalhas, pratos, embalagens de produtos e utensílios, entre outras possibilidades.

Quer ser parceiro(a) do Cozinha Mineira? Preencha o formulário de adesão.

CM_LP_CHANCELA.jpg