top of page

Arraial de Belo Horizonte já definiu quadrilhas campeãs dos grupos de acesso e especial

Atualizado: 23 de dez. de 2022


Quadrilha Luar do Sertão. Foto: Nereu JR / Área de Serviço.


Anarriê! Passados dois finais de semana da 43ª edição do Arraial de Belo Horizonte, a cidade e a comunidade junina celebram as novas quadrilhas campeãs dos grupos de acesso e especial. No grupo de acesso, que dá direito a seis vagas para o concurso do grupo especial de 2023, a quadrilha Luar do Sertão, do bairro Mantiqueira, na Região de Venda Nova, que comemorou uma década de trajetória com a apresentação "É dia de festa com o Luar", e levou o prêmio de R$12 mil. A vice-campeã foi a Quadrilha Pé Roxo; o terceiro lugar ficou com a Sangê de Minas; a quarta posição ficou com o Arraial do Sem Nome; a quinta colocação com a Quadrilha Pé Rachado e a sexta com a Sol Nascente.


Já no grupo especial, a Quadrilha Feijão Queimado se sagrou campeã do concurso após apuração acirrada, decidida no critério de desempate. A quadrilha emocionou as arquibancadas com a apresentação ‘São João Pede Feijão’, resgatando a fábula ‘João e o Pé de Feijão’, e garantiu a pontuação máxima. Oriunda do bairro Urca, e com 42 anos de tradição junina, a quadrilha levou o prêmio de R$14 mil.

A vice-campeã foi a Quadrilha Pipoca Doce, que também alcançou 100 pontos, empatando com a Feijão Queimado em primeiro lugar. O critério que desempatou a apuração foi o tempo de apresentação das quadrilhas no tablado. A Feijão Queimado dançou mais tempo e, por isso, levou o troféu de campeã. A Pipoca Doce, que é do bairro Alpes, levou o prêmio de R$12 mil com a segunda colocação. Sua apresentação homenageou o mestre do barroco mineiro, Aleijadinho.

O terceiro lugar ficou com a Quadrilha Nova Geração, que representou o bairro Jardim Vitória com a apresentação ‘O Grande Encontro’ e ganhou R$10 mil. A Quadrilha São Gererê também fez bonito com a temática ‘Brincadeiras de Criança’ e conquistou a quarta colocação, levando o prêmio de R$8 mil. As quadrilhas Milho Verde, Balancê Mineiro, Chic Chic e Formigueiro Quente tiveram as menores pontuações e farão parte do grupo de acesso na próxima edição.


Concurso Nacional de Quadrilhas

Para fechar o maior Arraial da história, Belo Horizonte será a capital nacional das quadrilhas no próximo fim de semana. Dançarinos de até 18 estados se apresentarão nos tablados do evento nos dias 13 e 14 de agosto. As quadrilhas Feijão Queimado, campeã em 2022, e Pipoca Doce, campeã em 2019, serão as representantes de Belo Horizonte no Concurso Nacional de Quadrilhas, que acontece pela segunda vez na cidade.

O Arraial de Belo Horizonte é uma realização da Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Belotur, e Instituto Periférico, cerveja oficial Itaipava 100% Malte, parceria cultural do Serviço Social do Comércio (Sesc-MG), apoio da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL-BH), Rádio Oficial Liberdade FM, colaboração do Shopping Oiapoque e colaboração técnica da Comissão Junina Mineira.


Comunicação IP, com informações da Belotur

10 visualizações

Comentários


bottom of page