Banner-Mirada-Peri-2020.jpg

MIRADAS DE AFETO por  ANNA GÖBEL 

Miradas de Afeto é um projeto concebido pela artista Anna Göbel, apoiado pelo Instituto Periférico, que tem por objetivo resgatar áreas degradadas, valorizar a autoestima das comunidades, estimular o cuidado com os espaços de convivência coletiva e a conscientização ambiental, cidadã e participativa. Por meio da técnica de muralismo, o projeto promove a revitalização de muros, fachadas e becos a partir da pintura de elementos lúdicos e coloridos vinculados à memória afetiva de cada local. Sozinha ou acompanhada por outros artistas e moradores locais, Anna Göbel retrata em seus murais, os sonhos, aspirações e desejos das comunidades.

Painel01.jpg

ANNA GÖBEL

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Flickr - Black Circle

Anna é artista plástica, escritora, ilustradora, professora e a performer que encarna o impulso da arte social. Com origem alemã, mas nascida na Espanha e criada entre Alemanha e Argentina, mora no Brasil desde 1995.  É formada em artes plásticas e pedagogia pela Universidade de Belas Artes de Buenos Aires. Participou de mais de 50 exposições individuais e coletivas, que incluem xilogravuras, pinturas, instalações e murais, em países como Alemanha, Argentina, Chile, Finlândia e Brasil. No Brasil publicou 15 livros autorais e também foi ilustradora de importantes autores brasileiros.

Desenvolve ao longo dos anos um trabalho de interação das artes e linguagens através do uso artístico do retroprojetor. Como educadora social, com formação também em pedagogia Waldorf, além de sua atividade docente, vem realizando trabalhos em comunidades rurais e indígenas e ultimamente intervenções artísticas urbanas, que na maioria das vezes inclui trabalhos coletivos e em parceria com associações comunitárias, centros educativos e de saúde, e projetos sociais.

 

CASE: VILA ACABA MUNDO

O Miradas de Afeto é fruto da longa trajetória da artista. Um dos cases mais emblemáticos é o da Vila Acaba Mundo em Belo Horizonte, que mobilizou diversos moradores para revitalização de áreas da comunidade, criando uma invasão de cores onde, anteriormente, dominava o cinza. Na Vila Acaba Mundo é possível ver o potencial transformador da arte. Cada casa conta uma história, cada pintura traz uma identidade. "Cada pincelada tem um pouco da pessoa daquele lugar" define um dos moradores.

ASSISTA BECO A BECO - VILA ACABA MUNDO

 

O QUE É

Conheça o projeto e os eixos previstos para esta edição do Miradas de Afetos e saiba como contribuir para a realização de mais esta iniciativa que beneficiará diversas comunidades mineiras.

 

Pintura de murais comunitários para revitalização de áreas degradadas e valorização da autoestima de periferias.

 

O projeto terá  quatro eixos temáticos, com um total de 12 intervenções que deixarão como legado a revitalização de espaços comunitários e o estímulo para a própria comunidade praticar o cuidado através da pintura em outros locais.

Cada eixo será desenvolvido a partir de um tema relevante para as comunidades impactadas, e terá 3 murais em locais distintos, 3 vídeos sobre as intervenções e 1 vídeo documentário sobre o projeto completo. A disseminação dos vídeos funcionará como um incentivo para que outras populações adotem práticas similares em seus territórios e revitalizem seus espaços.

ambiente.jpg

EIXOS

 

ÁGUA, para as cidades de Ouro Preto, Sabará e Raposos, em parceria com o projeto Manuelzão cujo tema é a recuperação da Bacia Hidrográfica do Rio das Velhas.

Como cuidar de algo que não conhecemos? É nesse sentido que o Eixo Água apresenta a história do rio, reforçando o seu vínculo afetivo, pois quem ama cuida. Além disso, uma tendência moderna da vida urbana é tratar o rio como local de despejo daquilo que é produzido e descartado. É preciso acabar com o "jogar fora", pois tudo o que é "jogado fora" vai parar em algum lugar do planeta.  A água é o sustento de toda a vida. Um rio saudável significa um ambiente promissor e sustentável.

APOIE ESTE EIXO

AR, em Belo Horizonte (Vila Acaba Mundo), Nova Lima (Bairro Boa Vista) e Raposos (Casa de Gentil), em parceria com o projeto Infâncias, com temática relacionada à cultura da criança, seus artefatos, brincadeiras e saberes. 
Com registros focados nos cotidianos infantis, o projeto Infâncias produzirá pequenos inventários que incluem brinquedos e brincadeiras, hábitos e costumes, além de narrativas sobre os saberes e fazeres de crianças e adultos das três comunidades. A partir desse inventário poético, Anna Göbel ilustrará um rico mural ao longo de cada encontro. Vivências essas que serão contadas nos documentários e compartilhadas com todos os envolvidos.

APOIE ESTE EIXO
APOIE ESTE EIXO

TERRA, para as cidades de Jaboticatubas, Simonésia e Ribeirão das Neves, em parceria com a Rede de Intercâmbio de Tecnologias Alternativas, para abordagem de temas relacionados ao cultivo sustentável da terra. A agricultura orgânica oferece alternativas, permite a premissa de que o uso humano das terras e seu esgotamento em nutrientes não são fatores mutuamente excludentes. É possível aproveitar o que o solo tem a oferecer adotando um tratamento mais consciente e ecológico para o mesmo. Cooperação e diversidade se mostra como pilares que inspiram uma sociedade na recuperação da vida como valor comum e compartilhado.

APOIE ESTE EIXO

FOGO, para as cidades de Araçuaí, Minas Novas e Chapada do Norte, em parceria com o Centro Cultural Memorial do Vale e o fotógrafo Lori Figueiró, cujo tema é o registro e a valorização das manifestações artísticas e religiosas que permeiam os Tamborzeiros de Nossa Senhora do Rosário, as Benzedeiras, os Congados e os artesãos do Jequitinhonha. 
O sonho de uma parcela considerável de moradores do Vale do Jequitinhonha é ter o mínimo necessário para uma vida digna, e claro, ser reconhecida e valorizada pelo que é e faz. Trabalhando com os grupos artísticos e artesãos tradicionais teremos  a oportunidade de expressar/evidenciar a sua arte, seus ritos religiosos e os seus cotidianos.​

COMO CONTRIBUIR

Cada eixo tem sua campanha, motive seus amigos e parceiros locais a contribuírem para chegarmos o mais breve à sua comunidade. O primeiro eixo a atingir a meta da campanha será cenário do início do projeto.

 A contribuição é feita pelo site www.evoe.cc.

Os recursos captados serão utilizados para compra de material, pagamento de despesas de viagem, gravação e edição dos vídeos documentários.

Qualquer quantia importa!

Sua doação nos ajudará a circular o projeto por Minas Gerais.

evoe.jpg

PARCEIROS

 

Nenhum de nós é tão bom quanto todos nós juntos

O projeto Miradas de Afeto é apoiado pelas Editoras Autêntica e Lê, que gentilmente, doaram livros de autoria da Anna Göbel para subsidiar a campanha de financiamento coletivo. 

Criada em 1997, o Grupo Editorial Autêntica é referência na área acadêmica. Sempre fiel à sua perspectiva de lançar livros de qualidade, buscar assuntos inovadores e, ao mesmo tempo, diversificar o catálogo para atender às demandas de seu cada vez mais abrangente público.

Firmando-se, a cada lançamento, como um dos expoentes na publicação de literatura destinada ao público infantil e juvenil, a nova Editora Lê destaca-se pela qualidade dos textos, das ilustrações e apresentação gráfica. 

Em cada Eixo, contamos com um parceiro específico. No eixo da Água,contamos com a experiência do Projeto Manuelzão, fundado em 1997 pelo departamento de medicina da Universidade Federal de Minas Gerais, uma iniciativa de preservação ambiental interligada com diversas áreas de conhecimento e da economia mineira.

No eixo Terra quem se une à nós é a REDE (Rede de Intercâmbio de Tecnologia Alternativas), uma organização da sociedade civil, sem fins lucrativos, criada em 1986, que atua na construção da agroecologia no campo e na cidade.

no eixo Fogo, nos juntamos com o Centro de Cultura Memorial do Vale, que surgiu em São Gonçalo do Rio das Pedras, distrito do município do Serro, em novembro de 2009 e tem como ações norteadoras os registros do fotógrafo Lori Figueiró, que iniciou os seus trabalhos registrando os moradores, a história e a cultura do distrito de São Gonçalo do Rio das Pedras.

No último eixo, o AR, nos conectamos com o Infâncias, que pesquisa, registra e reflete sobre a diversidade da infância brasileira. O projeto levanta questões como “o que é ser criança?”, “como vivem e o que pensam as crianças?”. Registra o cotidiano, o imaginário e o brincar de meninas e meninos pelos muitos Brasis.

SAIBA MAIS SOBRE

NOSSOS PARCEIROS

logole.jpg
Grupo Autentica.png
manuelzao2.jpg
logo-rede.jpg
Memorial-do-Vale.jpg
logoInfancias.jpg

IDEALIZAÇÃO

box-gobel.png

REALIZAÇÃO

PERIFERICO l Marcas_LOGO_B.png

© 2019  •  Todos os direitos reservados. 

  • Instagram - White Circle
  • Flickr - Círculo Branco
  • Facebook - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco

Por